Até 2040, o Brasil deverá atrair US$ 300 bilhões em investimentos para geração de energia elétrica — a maior parte disso (70%) irá para projetos solares e eólicos, prevê o estudo Energy Outlook (NEO), feito pela Bloomberg New Energy Finance (BNEF).

No total, o país vai aumentar a sua capacidade total em 189% (adição de 250 gigawatts de nova capacidade).  Cerca de 89% disso, prevê o estudo, serão compostos de energias renováveis, inclusive de pequenas e grandes hidrelétricas.

A grande mudança vem participação das renováveis eólica, solar e biomassa, que deverá saltar do atuais 14% de capacidade instalada para  51% em 2040.

À medida que o país expande a capacidade e a geração a partir de fontes alternativas, ele aumenta sua segurança energética e a resiliência frente a fenômenos extremos.

Aproveitando a notícia da EXAME, nós do Criar gostaríamos de divulgar a Casa Sustentável no interior de SP: um equilíbrio entre o gasto e a geração de energia.

O que antes era apenas algo “do futuro” agora se torna realidade, e ainda por cima pertinho de nós. A Casa Sustentável prezou desde o início do seu projeto a economia de recursos e o pouco desperdício. Ela custou o mesmo que uma construção convencional, mas com o benefício de oferecer 15 anos de energia limpa gratuita aos donos.

_______________________________________________________

O Criar divulga práticas, projetos e iniciativas que mostram que é possível transformar a realidade de qualquer um, sempre em busca da Sustentabilidade ! E você? Já pensou no que você poderia mudar no seu dia hoje para contribuir nessa causa?

Quer saber mais?

http://exame.abril.com.br/economia/noticias/a-nova-era-da-energia-renovavel-ja-comecou-no-brasil

Categories: Matérias

Leave a Reply